Luan supera as expectativas em 2018 e espera evolução no ano que vem
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Luan supera as expectativas em 2018 e espera evolução no ano que vem

Bahia x Atlético-MG  - Luan
Luan tem sido muito importante para o Galo em 2018 com bons passes, gols e experiência em campo= Bruno Cantini / Atlético
Valiinor Conteúdo - 30/11/2018 - 17:45
Belo horizonte
O meia atacante Luan superou as expectativas quanto ao seu desempenho no ano de 2018. Após um ano ruim, com lesões e poucos jogos, o jogador, um dos xodós da torcida do Galo, vive um momento diferente na carreira.

Antes, Luan era intensidade pura durante os 90 minutos de jogos. A raça em seu jogo continua, mas ele teve de encontrar atalhos no campo para poder contribuir. Após sofrer uma grave lesão no joelho, em 2016, Luan teve de modificar um pouco seu jeito de jogar.



E MAIS:
O Maluquinho do Galo foi diagnosticado com uma lesão no menisco lateral do joelho direito e também na cartilagem. Ele foi operado, mas não conseguiu repetir as boas atuações e em 2017 começou a ser questionado quanto à sua capacidade de manter-se em alto nível.

Luan observou que teria de se modificar para prolongar a vida no futebol e ainda ser relevante no Atlético-MG. Seu jogo é mais cerebral e menos correria em 2018. Já são 55 jogos este ano, número comparável apenas com 2013, quando fez 63 partidas. A nova fase de Luan, do corredor, mudou para o pensador veloz da equipe alvinegra.

- Está sendo muito importante pra mim esse ano. Jogar o tanto que joguei. Falaram demais no passado. Vida nova. Conversei com o Dr. Rodrigo Lasmar e falei que esse ano era de adaptação, e o ano que vem é um ano que posso despontar novamente e mostrar tudo aquilo que sei fazer em campo. Não deixei de fazer neste ano, mas saía em alguns jogos, até para prevenir me tiravam, para que ano que vem eu possa jogar 90 minutos inteiro, o máximo de jogos, fazer mais gols, dar mais assistências. É meu objetivo. Esse ano foi pra adaptar, mas joguei bem algumas partidas, dei meu melhor. Ano que vem tenho certeza que vou sobressair pra exercer meu futebol.

Conhecedor dos seus atuais limites, Luan explicou como se adaptou a um novo modo de jogar devido as lesões e seu progresso físico para voltar a ter a intensidade que sempre demonstrou.

- Conheço meu corpo. Trabalho todo dia. Mudou muita coisa do meu corpo desde que cheguei aqui. Estou mais forte fisicamente, jogo um pouco melhor tecnicamente. Quando cheguei, era mais correria, mais magro. Depois das lesões, eu fiquei um pouco mais pesado, vamos dizer assim. Até adaptar novamente... Muitos não esperavam minha evolução. Quis dizer assim sobre o ano que vem: quero jogar melhor os 90 minutos e em mais jogos, me preparar melhor fisicamente. Tenho tudo pra jogar o ano de 2019 melhor do que joguei o 2018. Evoluindo a cada ano, ficando cada vez mais experiente., explicou o Maluquinho que espera jogar outra Libertadores pelo Galo na próxima temporada e conquistar mais troféus com o alvinegro.

- Quem sabe, em 2019, jogar uma Libertadores e conquistar títulos. A gente só fica marcado no clube quando conquista títulos, não adianta. Ninguém apaga essa história, ninguém pode apagar quando você conquista título. Falando de mim, é como falei: esse ano foi muito especial, espero terminar de forma digna, quem sabe fazer gol no sábado (contra o Santos) para coroar o ano meu, finalizou.

Para Luan realizar esse desejo de Libertadores basta o Atlético-MG vencer o Botafogo, neste sábado, às 19h, no Independência, que colocar o time na disputa sul-americana mais uma vez.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance