menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Fred sai em defesa de Roger e divide responsabilidade com companheiros

Fred, em treinamento do Atlético-MG na Cidade do Galo
Atacante ficou de fora no meio de semana, mas deverá voltar contra o São Paulo (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)
LANCE! - 16/06/2017 - 15:10
Belo Horizonte (MG)
O começo desastroso do Atlético-MG neste Brasileirão, somando apenas seis pontos nos primeiros 21 disputados, já coloca em risco o cargo do técnico Roger Machado na equipe. Mesmo convivendo com o alto número de desfalques, o treinador foi um dos mais cobrados após a derrota por 1 a 0 diante do Atlético-PR, na última quarta-feira. Entretanto, para o atacante Fred, os principais responsáveis pelo mau início são os próprios jogadores. De acordo com o atacante, o Galo tem atletas experientes e que precisam chamar a responsabilidade neste momento.

- O menos culpado é ele (Roger Machado). É hora de somar força e dividir responsabilidade, principalmente entre nós jogadores. Temos aqui, Victor, eu, Léo (Silva), Fábio Santos, Elias, Robinho, Marcos Rocha, todos vitoriosos dentro do Galo e na carreira. São jogadores que se cobram. Essa responsabilidade tem de ficar para a gente. Não tem que jogar na conta dele. Tivemos desfalques, mas são situações que ninguém vai olhar para isso. A comissão técnica tem que se desdobrar. A gente vê jogadores machucando de uma hora para outra. Estamos nos unindo - comentou o atacante.

Desde o início do Brasileirão, as lesões e o desgaste dos atletas acabou virando um dos maiores adversários do Galo. O próprio Fred precisou ser poupado na partida do meio de semana. Além disso, o Atlético ainda joga a Libertadores e Copa do Brasil, e por isso acaba tendo no máximo três dias de intervalo entre as partidas, o que dificulta o descanso e impede a realização de treinamentos com maior frequência.

- Está complicado para todo mundo, não pode servir de desculpa só para a gente. O Roger tem mostrado vídeos, tem conversado. Às vezes, é necessário a prática, mas não estamos tendo esse tempo. Temos que nos adaptar. Talvez tenhamos duas equipes no Brasil jogando bem. O resto está sofrendo. Só que, além de sofrer, a gente não está sabendo nem ganhar feio - acrescentou.

O próximo compromisso alvinegro no Brasileirão será contra o São Paulo, neste domingo, no Morumbi. Precisando sair do Z-4 a todo custo, a equipe não pensa em outro resultado a não ser a derrota.

- É hora de somar forças e dividir responsabilidades, principalmente nós jogadores que entramos em campo, todos os jogadores. Temos que bater no peito e assumir. Temos que ter humildade de entender que precisamos melhorar para primeiro sair lá de trás, sabendo que o nosso lugar é lá em cima.


SEUCLUBE
atlético mineiro
botafogo
corinthians
cruzeiro
flamengo
fluminense
gremio
internacional
palmeiras
santos
sao paulo
vasco
Siga nas redes sociais
Facebook Lance Twitter Lance