Emoção pela tragédia no Fla marca depoimentos de Galo e Caldense
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Emoção pela tragédia no Fla marca depoimentos de Galo e Caldense

Caldense x Atlético-MG
Claiton teve boa atuação em campo, mas não esqueceu dos seus tempos de base no Galo, se referindo à tragédia no Ninho do Ueubu-Divulgação
Valinor Conteúdo - 09/02/2019 - 19:01
Belo Horizonte
O jogo entre Caldense e Atlético-MG teve seus lances de perigo de gol, alguma emoção em campo, mas o ambiente era de tristeza também pela tragédia que vitimou dez meninos das categorias de base do Flamengo, que morreram em um incêndio na sexta-feira, 8 de fevereiro. O goleiro Omar, deu um depoimento emocionado não só pela partida dos meninos, mas por ter perdido a mãe na última segunda-feira, 4 de fevereiro, demonstrando profissionalismo em defender a Veterana diante do Galo e ainda homenageou os meninos do Fla.

- Essa semana não foi fácil. Agradeço a Deus, a todos que correram aí. A gente até buscou ser mais agressivo, buscamos o gol, jogamos de igual para igual com o Atlético, mas não conseguimos fazer o gol. Bola parada decide jogo. Eles foram felizes na bola parada que tiveram. Não tenho nem palavras. Só de pensar no meu filho pequeno em casa... Perdi minha mãe agora... Quanto mais apoio eles tiverem, vai ser importantíssimo, como foi pra mim. Os companheiros me abraçaram e me deram uma grande força. É dia a dia - disse o goleiro da Caldense.

O outro arqueiro do jogo, Claiton, do Atlético-MG, também comentou sobre o ocorrido, lembrando que ele, como tantos outros atletas, vieram da base com o sonho de ser um jogador profissional. O jovem do Galo falou também sobre sua atuação em campo e parabenizou o grupo pelos três pontos.


E MAIS:
-É complicado saber da notícia, dos acontecimentos, da tragédia. A gente é da base, sabe o que todo mundo passa para chegar. Todo mundo fala de fama, dinheiro, mas a gente já passou por muita coisa. Sobre o jogo, estou feliz com a vitória. O grupo todo de parabéns, eu também estou feliz com a minha atuação, consegui ser mais regular - disse o goleiro do Atlético-MG.


O Atlético-MG agora concentra suas forças no jogo de volta da fase preliminar da Libertadores, diante do Danúbio-URU, precisando de um empate por 0 a 0 ou 1 a 1 para garantir sua classificação. O jogo será na terça-feira, 12 de fevereiro, às 19h15.


E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance