Com reservas, Galo decide vaga na Sul-Americana contra o San Lorenzo
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Com reservas, Galo decide vaga na Sul-Americana contra o San Lorenzo

Atlético-MG e San Lorenzo
Pela decisão da primeira fase da Copa Sul-Americana, Atlético-MG e San Lorenzo se enfrentam às 21h no Independência
LANCE! - 07/05/2018 - 18:33
Belo Horizonte (MG)
Depois de garantir um importante empate com o São Paulo pelo Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG volta suas atenções para a Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira, os comandados de Thiago Larghi retornam ao Independência às 21h45 para cumprir um importante desafio diante do San Lorenzo pela decisão da primeira fase do torneio.

Por conta do revés por 1 a 0 na Argentina, a equipe alvinegra precisa de uma vitória por dois gols de diferença para avançar à segunda fase, mas a formação que vai a campo é bem diferente das últimos partidas. Devido ao desgaste muscular sofrido pela sequência de jogos, a tendência é que Thiago Larghi escale apenas os reservas, com excessão de Otero, que atuou por 45 minutos na partida no Morumbi e também vai enfrentar o time do Papa.


A principal ausência no Galo fica por conta do volante Arouca, que estava relacionado, mas foi vetado pelo departamento médico por conta de uma gastroenterite. Com isso, a provável formação do Atlético-MG tem Victor (Cleiton); Samuel Xavier, Bremer, Maidana e Lucas Cândido; Yago e Elias; Otero, Tomás Andrade e Erik; Alerrandro.

Do outro lado, o San Lorenzo chega com força total após garantir vaga antecipada para a Libertadores, com vitória por 2 a 0 sobre o Belgrano pelo Campeonato Argentino. Dono da vantagem na disputa desta terça, os comandados de Claudio Biaggio desembarcaram em Belo Horizonte sem o lesionado zagueiro Matías Caruzzo, mas com o retorno do meia Cristian Barrios.

Entre os escolhidos para o confronto, destaca-se o veterano Leandro Romagnoli, de 37 anos, que defende o San Lorenzo há 16 anos e acumula conquistas importantes pela equipe, como a Mercosul (2001), Sul-Americana (2002) e Libertadores (2014). Com contrato até junho e perto de encerrar a carreira, ele acredita que a participação na partida contra o Belgrano foi sua última em casa, fazendo com que o jogo no Independência também tenha uma importância especial em sua carreira.

- Estou no final da minha carreira. Vou analisar isso quando o campeonato terminar, mas é muito provável que tenha sido o meu último jogo em casa.

Em busca da vaga na segunda fase da Sul-Americana, a expectativa é de que o San Lorenzo entre em campo com Navarro; Paulo Díaz, Gonzalo Rodríguez, Senesi, Gabriel Rojas; Gudiño, Mercier, Cristian Barrios, Alexis Castro, Botta e Blandi.

E MAIS:
Facebook Lance Twitter Lance