Atlético-MG perde primeira partida após saída de Oswaldo de Oliveira
menu button lance
lancelogo lancelogo lance

Atlético-MG perde primeira partida após saída de Oswaldo de Oliveira

Atlético-MG x Caldense
Atlético-MG perde para Caldense, por 2 a 1, no Independência (Foto: Alessandra Torres/Photo Premium)
LANCE! - 10/02/2018 - 18:32
Belo Horizonte (MG)
Sem o técnico Oswaldo de Oliveira, demitido na sexta-feira, o Atlético-MG foi derrotado pela Caldense, no Independência. Não foi desta vez que o Alvinegro conseguiu a sua terceira vitória no Campeonato Mineiro. A partida contra a Veterana, pela 6ª rodada do estadual, terminou em 2 a 1 para o time visitante.

O auxiliar da comissão permanente do clube, Thiago Larghi, assumiu o comando do time e fez cinco mudanças na equipe alvinegra. A troca de jogadores não foi suficiente para trazer um bom resultado. O Atlético-MG caiu para a 4ª posição, com 8 pontos na tabela da competição. A Veterana deixou a zona de rebaixamento, e alcançou o 6º lugar, também com 8 pontos.

JOGO LÁ E CÁ

Nos minutos iniciais, o Atlético-MG tentou trocar passes e buscar o ataque, mas a Caldense marcava forte. Aos 5 minutos, o Galo levou um susto com o chute de Neílson. O goleiro Victor teve que se esticar para fazer grande defesa. O Alvinegro respondeu aos 12, com uma chegada perigosa. Cazares tocou para Erik e, dessa vez, foi o zagueiro do Verdão que salvou. A movimentação dos dois times chamou atenção. Tanto o Galo quanto a Caldense buscaram o gol. Aos 16, Ricardo Oliveira marcou, mas a arbitragem anulou porque o centroavante estava impedido.


O setor defensivo do Atlético-MG neutralizou as jogadas da Caldense. A Veterana tentava finalizar mas o Galo não dava espaço. Aos 26 minutos, o Alvinegro abriu o placar do jogo. A zaga do Verdão deixou Ricardo Oliveira livre e o camisa 9 mandou para as redes. A Caldense não desanimou e, mesmo em desvantagem, continuou viva na partida. Aos 38 minutos, Neílson fez seu primeiro gol na competição e empatou o marcador. De cabeça, o atacante encobriu o goleiro Victor. O Galo pressionou no fim da primeira etapa, mas as equipes saíram para o intervalo com a igualdade.

GALO PECA NA PONTARIA

O Atlético-MG começou o segundo tempo dando trabalho ao Verdão. O time da casa arriscava, sufocando a Veterana. O Alvinegro tinha a posse de bola e a tranquilidade para criar as jogadas. A postura incisiva do Galo no ataque, fez com que a Caldense recuasse. O goleiro Omar aliviou diversas vezes o perigo com defesas fundamentais. A Caldense tinha dificuldade até para arrancar em contra-ataque.

Apesar de ter o controle do jogo, o Atlético-MG não finalizava com eficiência. O relógio foi passando, e o Galo foi perdendo a força. Muitos erros de passe, falta de foco e certa ansiedade. A surpresa veio aos 39 minutos com a virada da Caldense. Em contra-ataque, Potita recebeu cruzamento de Feijão e não desperdiçou. A veterana segurou o bom resultado até o fim e conseguiu sair com a vitória.

PRÓXIMOS JOGOS

O Atlético-MG vai enfrentar o América-MG, no Independência, pela sétima rodada do Campeonato Mineiro. A partida será domingo, dia 18, às 17h. Já a Caldense vai encarar o Patrocinense, no Ronaldão, também domingo, às 16h.

ATLÉTICO-MG 1 X 2 PATROCINENSE

Local: Independência, Belo Horizonte (MG)
Data-Hora: 10/02/2018 - 16h30
Árbitro: Ronei Cândido Alves, auxiliado por Douglas Almeida Costa e Marcyano da Silva Vicente
Cartões amarelos: Adilson e Cazares (CAM); Jhonathan, Jefferson Feijão e Omar (CAL)
Gols: Ricardo Oliveira (26'/1ºT) (1-0), (38'/1ºT) (1-1), Potita (39'/2ºT) (1-2)

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César, Felipe Santana, Iago Maidana, Fábio Santos; Adilson, Elias (Carlos), Cazares (Luan), Otero (Marco Túlio); Erik, Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi

CALDENSE: Omar; Jefferson Feijão, Marcelo, Robinho (Davy Einstein), Jhonathan; Jean Henrique, Arilson, Fernandinho (Charles), Anderson Rosa; Juninho, Neílson (Potita); Técnico: Rogério Henrique


Facebook Lance Twitter Lance